Notícias » Norte Central e Oeste tiveram mais financiamentos do BRDE Norte Central e Oeste tiveram mais financiamentos do BRDE
Norte Central e Oeste tiveram mais financiamentos do BRDE 14/04/2016

O balanço anual divulgado pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) na última semana mostra que em 2015 todas as regiões do Paraná receberam recursos do banco para financiamento de projetos das mais diversas áreas. O valor total dos contratos assinados no ano passado pelo banco no estado chegou a R$ 1,552 bilhão. Desse montante, 45%, ou R$ 700,1 milhões, foram para financiamentos de empreendimentos de municípios nas regiões Oeste e Norte Central.

Segundo o superintendente da Agência Paraná do BRDE, Paulo Starke Junior, o grande número de contratos nas duas regiões reflete o desenvolvimento dos municípios das duas áreas observado nos últimos anos. No Norte Central, exemplifica Starke, o BRDE financiou vários projetos na área da indústria da transformação e infraestrutura, incluindo geração e distribuição de energia, que normalmente envolvem grandes investimentos, além de grandes projetos como o da Cooperativa Cocamar, que em uma única operação obteve R$ 69,5 milhões para investimentos no setor de armazenagem.

Aurora – Outro grande investimento na região financiado pelo BRDE foi o da Cooperativa Central Aurora Alimentos, com sede em Chapecó (SC), no valor de R$ 150 milhões. Os recursos foram aplicados pela cooperativa na ampliação de suas atividades no Paraná. Em março do ano passado, a Aurora estabeleceu uma parceria com a Cocari Cooperativa Agropecuária e Industrial de Mandaguari, município pertencente à Região Metropolitana de Maringá. A Aurora é o terceiro maior conglomerado industrial do setor de carnes do Brasil e conta com mais de 25 mil colaboradores diretos e 70 mil cooperados.

Sobre a operação com a Aurora, Starke explica que o financiamento foi firmado através da agência de Santa Catarina, uma vez que a sede da cooperativa fica em Chapecó. “O BRDE é uma unidade, formado por três agências que trabalham juntas pelo desenvolvimento dos estados controladores [Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul] e também do Mato Grosso do Sul. No caso da Aurora, independentemente da agência formalizadora, os recursos serão aplicados aqui no Paraná para o desenvolvimento da região”, diz.

Em termos de quantidade de operações, o Oeste também lidera, com 419 contratos assinados, seguido pelo Centro-Sul, onde foram concretizados 342 contratos de financiamento no ano passado. Juntas, as duas regiões concentraram 37,2% das operações feitas pela Agência Paraná no estado. “Esse grande volume de operação é reflexo do esforço do BRDE em levar sua atuação a todos os municípios, independentemente de seu tamanho. A equipe de prospectores do banco vem desenvolvendo um ótimo trabalho na busca e análise de bons projetos a serem financiados pelo BRDE no interior”, destaca o diretor de operações Wilson Quinteiro.

Outros dados – Atualmente, o BRDE possui R$ 5,2 bilhões aplicados em empreendimentos no Paraná, o que representa 42% do total financiado pelo banco nos estados do Sul e Mato Grosso do Sul. Em 2016, a expectativa da Agência Paraná do BRDE é disponibilizar ao menos R$ 1,28 bilhão a projetos paranaenses, dos quais, R$ 100 milhões serão originados do FGTS e R$ 40 milhões do FINEP. Também está previsto no orçamento da agência um total de R$ 50 milhões para financiamentos de empreendimentos no estado do Mato Grosso do Sul.